O que é DHT - (Dihidrotestosterona)

A di-hidrotestosterona é mais conhecida como DHT e é proveniente da transformação da testosterona no homem. Esse andrógeno é formado principalmente nos testículos, nas glândulas adrenais, na próstata e nos folículos capilares.
Ele é também responsável pela formação que caracteriza as principais definições masculinas ainda no útero e é cerca de 3 vezes mais potente que a testosterona.
No caso das mulheres, a quantidade de di-hidrotestosterona varia muito entre a puberdade e na menopausa, sendo que durante a menopausa, os níveis dessa substância voltam a ser na quantidade que eram na pré-puberdade.
Para os homens, os níveis de DHT variam muito sendo que na puberdade são inferiores a 100 pg/ml e na fase adulta variam entre 250 a 750 pg/ml.
Se a DHT é produzida em excesso nas mulheres, o que pode acontecer é o desenvolvimento de características próprias do sexo masculino como a voz grossa e a produção de pelos capilares mais escuros.
Ainda outro efeito danoso do excesso de DHT são acnes e pontos escuros na pele, principalmente na região facial.
Já para os homens, o excesso de DHT causa a calvície. Isso se dá porque o excesso de hormônios di-hidrotestosterona rompe com os folículos capilares e com o excesso de óleo até que os folículos capilares morram. É por isso que pessoas com excesso de DHT acabam desenvolvendo a calvície.

Alimentos que bloqueiam DHT

Existem algumas frutas, legumes e verduras que funcionam como bloqueadores de DHT. Elas funcionam como inibidores da conversão de testosterona em di-hidrotestosterona.

  • Sementes de abóbora: essas sementes contém um esteroide chamado delta-7 estearina, que impede o acúmulo de blocos de DHT no folículo piloso.
  • Licopeno: presente no tomate, melancia, cenoura e manga, o licopeno inibe a DHT por inibir a 5-alfa redutase, a enzima responsável pela conversão de testosterona em seu formato mais ativo, a DHT.
  • L-lisina: Amêndoas, nozes, amendoim, nozes. Esses alimentos são ricos em L-lisina, que inibem naturalmente o DHT.
  • Zinco: Alimentos como espinafre, castanhas de caju, couve, gérmen de trigo e cogumelos brancos são ricos em zinco, um inibidor natural de DHT.

DHT Exame

Existe um exame que é feito visando descobrir a quantidade de DHT no organismo, para saber exatamente as causas da calvície. Para realizar o exame, não é necessário manter jejum e a coleta é feita em laboratórios, através da extração do sangue de uma veia no braço.


O procedimento é feito como uma coleta de sangue normal, onde o enfermeiro coloca um torniquete no braço do paciente e insere uma agulha fina, onde extrai através dela dois tubos de sangue.


A coleta do material é enviada para o setor de análise de amostras biológicas para um patologista que examinará as amostras e liberará o resultado do exame após 2 ou 6 dias.


O resultado pode ser divulgado através do site do laboratório em sua pagina na internet, ou pessoalmente no mesmo local em que foi feito o exame.

Bloqueador de DHT caseiro

Existem diversos tipos de produtos que são vendidos na farmácia com a promessa de que essas substâncias inibam o desenvolvimento do DHT no organismo.

Porém, é digno de nota que existem diversos tipos de bloqueadores caseiros com excelentes resultados.


Um exemplo comum é o chá verde. O chá verde ficou conhecido em dietas Detox e é indicado para emagrecimento. Por possuir epigalocatequina-3-galato, ele age como um bloqueador de DHT no organismo.


A biotina, substância presente em carnes como o fígado e em ovos, coopera para que a sintetização da testosterona não ocasione em queda capilar.


Mas um dos produtos caseiros mais reconhecidos pela maioria das pessoas que utilizou e aprovado por cientistas de uso natural e orgânico é o CAPLEM, um inibidor natural de DHT com fórmula exclusiva para tratamento de calvície.

O CAPLEM não age apenas como inibidor de DHT, mas também como poderoso fortalecedor capilar, regenerando os fios e restaurando o cabelo que foi perdido. Experimente!