Caplem Funciona?

Uma das causas de baixa autoestima masculina está intimamente ligada ao cabelo. A perda de cabelo atinge uma grande porcentagem de homens no mundo todo e afeta também as mulheres. É normal sentir-se mal com a queda de cabelos, afinal, as madeixas estão intimamente relacionadas com a vaidade própria.


A queda de cabelo aflige cerca de 25% das brasileiras entre 35 a 40 anos de idade e 40% dos homens, que sofrem com a perda bem antes dos 40. Com o estresse relacionado à vida moderna, muitos começam a perder cabelos ainda na juventude.
E o pior de tudo é: quanto mais deprimida a pessoa fica por conta da baixa autoestima, mais os fios caem.

Então que tal conhecer um pouco alguns motivos principais para a queda de cabelo e um produto revolucionário para você dar adeus à calvície?

Motivos da queda capilar

Você sabia que a cada 150 mil fios que temos no couro cabeludo, perdemos 120 fios diariamente? Percebemos a queda principalmente quando estamos tomando banho ou penteando os cabelos e isso é normal, pois o fio se rompe durante a tensão na escovação e durante a lavagem.

Algo importante a ser levado em conta é que após os 50 anos, os cabelos começam a cair naturalmente. Porém, se antes disso ocorrer, é importante consultar um médico para saber os motivos da queda.

Já parou para pensar como é divido o ciclo de vida de um fio? O fio de cabelo cresce aproximadamente 1,2 centímetros por mês. O primeiro estágio de desenvolvimento de um fio de cabelo se chama anágeno e dura de três a seis anos. A segunda fase, denominada catágeno, é onde o fio interrompe o processo de crescimento. A terceira e última etapa, denominada telógeno, é o período em que o fio está velho e fraco, o que resulta na sua queda e no crescimento de outro fio em seu lugar.

Esse processo natural de crescimento dos fios pode ser interrompido quando o organismo entende que existe uma anomalia no corpo. Para ele, o único motivo de existirem fios cobrindo o couro cabeludo é devido à proteção do mesmo. Se acontecer uma situação adversa onde é preciso economizar alguns tipos de nutrientes ou até mesmo energia, os fios não recebem mais atenção especial, isso resulta em fios fracos, quebradiços e por fim – a queda em si.


Confira algumas das situações que podem gerar queda de cabelo precoce:

  • Alteração hormonal

A falta de hormônios ou problemas em glândulas importantes como a tireoide, hipófise e suprarrenal, pode atrapalhar o livre acesso de chegada de nutrientes até o couro cabeludo. Para o organismo, a alteração hormonal significa que o corpo deixará de produzir o que acha desnecessário, o que inclui fios de cabelos novos.

  • Dietas rígidas

A nossa alimentação interfere diretamente no crescimento dos fios. Uma dieta deficiente de algumas vitaminas importantes ou nutrientes necessários para a vida do fio é a fórmula certa para a perda de cabelos, que ficam frágeis com a falta de alguma vitamina (como as do complexo B ou a C), proteína, carboidrato, ou mineral (como o zinco e o ferro).

  • Anemia

Os glóbulos vermelhos são produzidos através de um mineral muito importante: o ferro. Na falta desse mineral, uma das consequências visíveis é a queda de cabelo. Isso acontece porque a anemia compromete os fios que já existem com a falta de produção de oxigênio e evita a produção de novos fios.

  • Chapinha e secador

Mulheres com propensão à queda de cabelo podem ter os fios ainda mais fragilizados com o uso excessivo de secadores ou chapinhas. É recomendável utilizar a chapinha apenas ocasionalmente, bem como usar o secador com uma distancia de até 30 centímetros de distancia da cabeça com a temperatura morna.
Isso se dá porque durante o alisamento dos fios, o contato com o calor do secador ou chapinha formam bolhas de ar dentro dos cabelos, o que favorece a queda.

  • Falta de vitaminas do complexo B

As vitaminas do complexo B são responsáveis pelo crescimento saudável dos fios. Elas são provenientes de vegetais escuros, ovos, leite e carne. Como elas são responsáveis pela divisão de células e correto metabolismo celular, afetam diretamente o crescimento dos fios. Na falta dessa vitamina, a queda de cabelo fica mais evidente.

  • Banho quente

Os fios de cabelos podem ficar ressecados durante um banho quente, pois a água em alta temperatura retira o excesso de sebo e não permite a proteção do couro cabeludo. O ideal é tomar banhos mornos, com temperatura que variam a 20 graus Celsius.
Um dos fatores que também podem ocasionar à perda dos fios é a caspa e seborreia, que podem ser agravadas através do banho quente.

  • Doenças virais e bacterianas

Quando o corpo está fragilizado por conta de algum tipo de vírus ou bactérias, o cabelo é um dos primeiros a sentir os sintomas. Quando o corpo está combatendo uma doença, o ciclo do crescimento capilar perde a força, pois todos os nutrientes estão voltados para o combate à doença.

  • Stress

Durante uma crise de stress, o organismo volta toda a sua atenção à perda repentina de energia e isso pode afetar diretamente a produção de novos fios. Nessa situação, os nutrientes que estariam auxiliando no crescimento dos fios, acabam sendo usados para gerar energia.
Outro fator ligado ao estresse e ao crescimento dos fios é que com o stress, o organismo acaba produzindo mais cortisol, hormônio que visa desacelerar a divisão celular na raiz. Isso produz uma perca de metade a três quartos do total de fios de cabelo.

  • Hereditariedade

O par de genes responsáveis pela calvície pode estar relacionado à queda dos fios. Geralmente, os homens são os principais afetados pela queda de cabelo em consequência de hereditariedade e a chance de passar de pai para filho é de 15%.
Geralmente, filhos que herdam a calvície dos pais podem começar a sentir os sintomas aos 18 anos, como falhas nas laterais da testa e na parte superior da cabeça.

  • Pós-parto

Durante o período da gravidez, as mulheres passam a produzir mais estrogênio e progesterona, hormônios que influenciam e estimulam o crescimento dos fios. Por isso que muitas mulheres grávidas sentem seus cabelos mais fortes e sedosos durante a gravidez. Porém, no pós-parto, principalmente nos quatro primeiros meses onde acontece a fase de readequação hormonal, os andrógenos, hormônios masculinos, voltam em maior quantidade ao organismo, o que resulta em queda de cabelo.

  • Antidepressivos

Antidepressivos podem fragilizar o cabelo mais do que qualquer outro fármaco. Isso acontece porque eles atuam diretamente no sistema nervoso e na divisão celular. O processo de um antidepressivo no sistema nervoso gera a fragilidade e sensibilidade dos fios e consequentemente a queda em si.

  • Envelhecimento

Esse é o principal fator da queda de cabelo e é inevitável. O envelhecimento traz como uma de suas consequências a queda de cabelo. Quando um ser humano atinge a idade dos quarenta anos, o couro cabelo passa a ficar menos espesso. Isso prejudica a circulação sanguínea na região e as glândulas sudoríparas e sebáceas, o que dificulta a livre circulação de nutrientes necessários para a produção dos fios. Primeiro ocorre o afinamento e depois a queda dos fios.

Bom, mas isso significa que está tudo perdido? Claro que não! Se você está sofrendo com a queda de cabelo e está começando a se desesperar com isso, relaxa! Em primeiro lugar não fique muito ansioso, pois isso pode resultar em perder mais fios. Agora, descubra um método infalível para evitar a queda dos fios e estimular o crescimento natural dos seus cabelos.
Inclusive pessoas que já estão calvas podem se beneficiar do produto descrito abaixo. Confira!

Será mesmo que a vitamina Biotina tem efeitos colaterais nocivos?

biotina formula
Formula molecular da Biotina

Hoje em dia as pesquisas sobre o tema estão avançadas. Já existe solução natural para a queda de cabelo!

Remédio para queda de cabelo
Cientista desenvolvendo Remédio para queda de cabelo

Como Caplem Age no Organismo?

O CAPLEM é um composto que regula o hormônio DHT, ajudando a diminuir a queda de cabelo, proporcionando o crescimento de novos fios e garantindo um cabelo mais cheio e saudável.
Dá uma olhada em como o CAPLEM age no organismo:

  • Evita a queda de cabelo
  • Reativa os folículos pilosos
  • Promove o crescimento de novos fios
  • Aumenta o volume do cabelo

O CAPLEM não tem efeitos colaterais e foi comercializado com sucesso em países tais como: Estados Unidos, Alemanha e França. Agora, para a alegria dos brasileiros, a fórmula secreta do CAPLEM passou a ser distribuída também no Brasil.
O mais interessante do uso do produto é que é possível observar a diminuição de até 92% da queda dos fios. O uso do CAPLEM permite que os folículos pilosos sejam restaurados, o que prepara o caminho para o crescimento de novos fios. Além disso, o uso contínuo do CAPLEM possibilita o crescimento de ate 1.500 novos fios por mês.

E ainda mais, quando o produto age no organismo, acontece o processo de regulagem do DHT, o que permite que os folículos pilosos sejam restaurados, preparando o caminho para o crescimento de novos fios.

Benefícios do CAPLEM

Muitos depoimentos de pessoas reais, que lutaram por muitos anos com o combate a calvície comprovam que o CAPLEM tem uma taxa de aprovação de 94% dos usuários, mostrando resultados logo no primeiro mês.
Dá uma olhada nos benefícios incríveis que o CAPLEM pode proporcionar a você, que também está procurando uma fórmula para o combate da queda dos fios:

  • Reduz a queda de cabelo na fase de transição catágena.
  • Estimula acelera a produção na fase de crescimento anágena.
  • Melhora a nutrição e fortalece os folículos para engrossar o cabelo.
  • Protege os fios durante a fase de descanso da Telógena para melhorar a qualidade e a durabilidade dos fios.

Mas qual é a composição do Caplem? Confira no tópico a seguir

Caplem Composição:

Cada cápsula Caplam contém uma formula poderosa, minimamente desenvolvida para o combate da queda capilar e restauração dos fios. Seus componentes principais são:

  • Alpha Tocoferol,
  • Ácido Ascórbico,
  • Ácido Pantotênico,
  • Biotina,
  • Zinco,
  • Magnésio,
  • Ácido Fólico,
  • Groselha Negra.

Esses componentes foram amplamente desenvolvidos após muita pesquisa cientifica e estudos com descobertas surpreendentes do cientista Dr. Natham Hawkshaw. Por ser um produto composto apenas por produtos naturais, não tem efeitos colaterais.
Porém, é importante seguir algumas recomendações. Por exemplo, o produto não é indicado para:

  • Gestantes; 
  • Lactantes;
  • Menores de 16 anos;

Essa restrição se deve ao fato de a lista acima ser formada por pessoas que estão em transição hormonal. Porém, o que mais chama atenção no CAPLEM é a sua fórmula natural livre de químicas, que podem ter efeitos nocivos em seu organismo.
CAPLEM pode ser administrado sem prescrição médica.

Caplem Preço e Onde Comprar?

Sabe um tipo de produto que o fabricante confia 100%? Esse é o caso do CAPLEM. A fórmula faz tanto sucesso e é tão eficaz que o produto é vendido com uma política de devolução. Como assim? É isso mesmo! Se você não sentir diferença em seu cabelo nos primeiros 30 dias de uso do CAPLEM, poderá ter seu dinheiro de volta! Isso não é incrível? Os valores médios do produto estão especificados logo abaixo:
O prazo médio de entrega para o Brasil é de 3 a 10 dias úteis. O produto só é enviado após a confirmação do seu pagamento pela administradora do seu cartão de crédito ou após a confirmação da liquidação do boleto. Sabe, não é sempre que aparece uma oferta imperdível como essa em sua tela. O tratamento com o CAPLEM não é balela e nem conversa para boi dormir. O produto é eficiente e realmente funciona para a tão temida calvície. Ao invés de se entupir de remédios que podem ter o efeito contrário do esperado, experimente o CAPLEM. Confira os depoimentos e entenderá porque esse produto está fazendo tanto sucesso